Auto-hospedagem e ip público - parte 1

From Wiki Coolab
Revision as of 16:40, 23 August 2021 by Brunovianna (talk | contribs) (→‎DNS Dinâmico)
(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to navigation Jump to search

Eu tenho ip público?

Essa parte do tutorial é só para quem tem ip público no roteador de casa. Como sei se tenho ip público? Você precisa do ip do roteador, além do usuário e senha. O jeito mais fácil é olhar no próprio roteador, onde essas informações vem impressas, e entrar com o número ip no teu browser. A página vai pedir usuária e senha, e aí você tem que achar o IP wan (ou IP público) nos menus do roteador. Se começar com 10... , ou 192.168.., ou 172.16.. até 172.31.., você não está com sorte, é um ip local. Pode passar direto para a parte 2 do tutorial.

Do contrário, você vai ter um ip público que pode ser usado para acessar tua raspi. Se você entrar na página http://ipinfo.io, pode confirmar se o número que a página encontra é o que aparece no teu roteador. Com esse ip, qualquer pessoa na internet poderia chegar no teu roteador, mas normalmente o acesso de toda sua rede local em casa é bloqueado para quem está fora. Além disso, você não quer chegar nele, e sim na raspi com os serviços. Então tem que reencaminhar os pacotes que chegam no teu roteador até a raspi.

IP local fixo

Em primeiro lugar, é importante que a Raspi sempre receba o mesmo ip cada vez que se conectar no roteador. Isso é uma configuração do roteador. Em alguns, você pode achar a lista de dispositivos, entrar na Raspi e escolher "reservar ip". Se você usa OpenWrt, essa opção aparece em Network -> DCHP -> Static Leases.

Port forwarding

Agora que você tem o ip da Raspi, você procura nos menus do roteador a configuração chamada port forwards. De novo, isso pode estar nas opções da próprio Raspi no roteador. No OpenWrt, isso aparece em Network -> Firewall -> Port Forwards. O importante é que as portas 80 e 443 sejam direcionadas para o ip local da sua Raspi, como nas imagens abaixo:

Port forwarding no router sagemcom Port forwarding em routers com OpenWrt

DNS Dinâmico

Ok, então agora, se tudo deu certo, se você pode acessar o ip público do teu roteador de qualquer lugar, vai aparecer a home page da sua raspi. Só que temos outro problema: normalmente esse ip público que o provedor te dá não é fixo. Ele pode mudar cada vez que o roteador é reiniciado. Seria muito chato (e impossível de fazer se você não está em casa) descobrir o novo ip cada vez. Para isso, existem serviços chamados DynDNS, ou DNS dinâmico. Além disso, alguns serviços como o funkwhale exigem que se use um nome de domínio, e não funcionam com números IP.

O DNS é um servidor que fazer a tradução de nomes de domínios (tipo www.coolab.org) para IPs (como 212.18.1.211). E um DynDNS é um serviço que vai sempre atualizar o teu IP mas mantém o mesmo nome de domínio - por exemplo, meunome.no-ip.com. Nesse tutorial vamos ver como funciona o no-ip.com, mas existem outros serviços grátis parecidos.

Em primeiro lugar, temos que abrir uma conta no https://www.no-ip.com, e escolher um nome de domínio. O plano grátis só permite usar os nomes terminados em ddns.net, portanto teu domínio será meunome.ddns.net. Encontre algum nome disponível.

Para atualizar o ip junto ao no-ip, você precisa instalar um programa ou na raspi ou no próprio roteador, que vai ficar mandando para lá o ip atualizado. Algumas marcas de roteador como sagemcom já tem o dyndns instalado no menu. Basta habilitar o serviço, escolher o provedor no-ip, e entrar com tua usuária, senha e o nome do domínio. No OpenWrt, você pode instalar os pacotes ddns-scripts e luci-app-ddns para habilitar a mesma funcionalidade.

Se teu roteador não te dá essa opção, você pode instalar o programa para a prória raspi oferecido pelo no-ip. As instruções estão aqui. E pronto! A partir de agora você usa o endereçco http://meunome.ddns.net para acessar a raspi em casa.

Nome próprio

Alguma coisas para lembrar. Se você não gostou dos nomes de domínio disponíveis, pode comprar um próprio! Muitas empresas de vendas de domínio também oferecem uma opção de atualizar o DNS com ip dinâmico.

E se nada deu certo ou você achou muito complicado, você ainda pode usar a opção de VPN que descrevemos na Parte 2 do tutorial.