Como usar túneis ssh

De Wiki Coolab
Ir para: navegação, pesquisa

Muitas vezes criamos redes que estão expostas à Internet através de ip dinâmicos, ou mesmo com roteadores que não podem ser configurados. Assim é muito difícil entrar em um roteador dentro dessa rede se você não tem acesso físico ao aparelho.

Para acessar essas redes de fora existem algumas soluções como direcionar o tráfego da rede através de vpn ou até serviços freemium como o ngrok.

A solução que vamos tratar aqui usa um pacote do OpenWrt chamada sshtunnel, que instala os túneis como um serviço permanente. Para usá-la, você precisa de acesso root a um servidor na Internet e saber um pouco de como usar chaves ssh com par de chaves. Além disso, você precisa de um roteador com 8Mb para instalar os pacotes necessários.

Engenharia de túneis

Em primeiro lugar, entre no seu roteador pela interface www. Crie uma senha de root, caso ainda não tenha sido criada. Instale os pacotes sshtunnel e openssh-keygen pelo menu system->software (atualize a lista de software antes de instalar). Você também pode instalá-los pela linha de comando:

opkg update
opkg install sshtunnel
opkg install openssh-keygen


Entre como root por ssh no seu roteador (caso ainda esteja na interface gráfica) e dê o seguinte comando, usando enter quando perguntado se quer criar senha (não crie) :

ssh-keygen -t rsa -f /root/.ssh/id_rsa

Ele vai gerar, dentro do diretório /root/.ssh dois arquivos: a chave privada id_rsa (que tem que ficar bem guardada) e a chave pública id_rsa.pub.

A chave pública tem que ser copiada para o seu servidor na internet, usando o comando

scp /root/.ssh/id_rsa.pub usuario@servidor.com:/home/usuario/

Agora faça login no servidor por ssh e adicione o arquivo da chave pública ao arquivos de chaves autorizadas a acessar o servidor por ssh:

cat id_rsa.pub >> /home/usuario/.ssh/authorized_keys

Faça logout e tente fazer login no servidor por ssh. Ele deve entrar diretamente, sem pedir a senha.

Ainda no servidor, edite o arquivo de configuração do daemon ssh

sudo pico /etc/ssh/sshd_config

Acrescente a linha GatewayPorts yes, salve o arquivo e reinicie o daemon com os comandos:

sudo systemctl restart sshd 

Você pode testar a criação de um túnel executando esse comando no roteador:

ssh  -R 9000:localhost:22 usuario@servidor.com

Em seguida, faça login ssh no servidor em outro terminal e tente entrar no roteador com o comando:

ssh -p 9000 root@localhost

Ele vai pedir a senha do roteador e você deve cair no terminal dele.


Agora dê exit nas duas conexões acima para instalar o sshtunnel como serviço. Voltamos ao terminal do roteador e editamos o arquivo de configuração do sshtunnel:

vi /etc/config/sshtunnel


Use os dados do seu servidor no arquivo:

#esse é o servidor exposto na internet
# o nome de referencia essa é uma referencia interna do sshtunnel
config server nome_de_referencia 
        option user                     usuario_no_servidor
        option hostname                 endereço_do_servidor
        option port                     22
        option retrydelay               5
        #arquivo de identidade no roteador
        option IdentityFile             /root/.ssh/id_rsa

#essa é a porta que vai ficar aberta no servidor
config tunnelR ssh
        #mesmo nome usado acima
        option server           nome_de_referencia 
        option remoteaddress    *
        #essa é a porta usada para acessar o túnel. cada túnel tem que usar uma porta diferente
        option remoteport       9000 
        option localaddress     127.0.0.1
        option localport        22

Faça o ssh tunnel rodar como serviço no momento do boot

/etc/init.d/sshtunnel enable


Reinicie o sshtunnel

/etc/init.d/sshtunnel stop
/etc/init.d/sshtunnel start

Agora você pode testar o túnel a partir do servidor com o mesmo comando anterior:

ssh -p 9000 root@localhost

O serviço sempre tenta manter o túnel aberto enquanto o roteador está ligado.

Bônus: abrindo uma janela do seu browser na rede interna

Para navegar em um browser como se estivesse na rede local, você pode fazer assim:

Abra o túnel ssh a partir do roteador dentro da rede com um ip público:

ssh -R servidor:porta_no_servidor:localhost:22 usuario@servidor

Por exemplo:

ssh -R servidor.com:9000:localhost:22 eu@servidor.com


A porta no servidor não pode estar bloqueda pela firewall.

No seu PC, abra um túnel direto para o roteador com a opção -D:

 ssh -p porta_no_servidor usuario_no_roteador@servidor -Dporta_local

No exemplo anterior:

 ssh -p 9000 root@servidor.com -D8080

Agora abra outro terminal, e inicie o chromium através desta porta:

chromium-browser --proxy-server=socks://localhost:8080

Teste um endereço local da rede (do roteador, por exemplo), ou visite http://ipinfo.io. Você já não está na sua casa! (: